13 de junho de 2024

Síndrome da Carteira: entenda a condição que afeta homens ao sentar

A Síndrome do Piriforme, conhecida popularmente como Síndrome da Carteira, pode causar dor severa e problemas neurológicos


Por Redacao 019 Agora Publicado 05/11/2023
 Tempo de leitura estimado: 00:00

No cotidiano masculino, um simples gesto de guardar a carteira pode esconder um risco pouco conhecido, mas de consequências incômodas: a Síndrome da Carteira.

Conhecida também como Síndrome do Piriforme, essa condição se manifesta por dores que podem se estender além da região glútea, alcançando pernas e pés, de modo similar à conhecida dor ciática.

O problema oculto no bolso de trás

Hábito arraigado entre muitos homens, o ato de colocar a carteira no bolso traseiro da calça pode ter implicações diretas na saúde.

Dr. Nauro Hudson Monteiro, ortopedista e professor de Medicina na Unic Beira Rio, oferece um panorama detalhado sobre a mecânica dessa síndrome. A posição do músculo piriforme – onde frequentemente repousa uma carteira – é crucial para entender como uma simples compressão pode afetar o nervo ciático e resultar em desconforto e dor.

Diagnóstico e Tratamento

A identificação da Síndrome da Carteira é um processo clínico, exigindo a avaliação de um especialista em ortopedia. O tratamento prescrito pode variar desde medicações como analgésicos e relaxantes musculares até intervenções de fisioterapia e, em certos casos, a aplicação de toxina botulínica para aliviar a tensão muscular.

Impacto na Qualidade de Vida

Dores crônicas, dificuldades de locomoção e até mesmo alterações neurológicas podem decorrer dessa condição que afeta primordialmente o público masculino adulto.

A neuropatia associada pode prejudicar não apenas os nervos sensoriais e motores, mas também o sistema nervoso como um todo. Dr. Nauro Hudson enfatiza a importância de procurar orientação médica ao menor indício de sintomas e sugere uma medida preventiva simples: evitar o uso do bolso traseiro para guardar objetos.

Embora muitas vezes ignorada, a Síndrome da Carteira requer atenção e cuidados. Mudanças no estilo de vida e acompanhamento médico são essenciais para manter uma vida sem as limitações impostas por essa síndrome. A saúde pode estar, literalmente, no seu bolso.