13 de abril de 2024

Dicas de alimentação para o calor intenso

Em dias de calor excessivo, precisamos prestar atenção na alimentação e na ingestão de líquidos para evitar desidratação e outros problemas de saúde


Por Redacao 019 Agora Publicado 20/11/2023
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Dicas de alimentação para o calor intenso
Em dias de calor excessivo, precisamos prestar atenção na alimentação e na ingestão de líquidos para evitar desidratação e outros problemas de saúde

Nem sempre extremos são bons. As temperaturas são exemplos disso. Tanto as muito altas ou as muito baixas podem fazer muito mal à saúde. O Brasil tem graves ondas de calor, e a previsão é que as temperaturas ultrapassem os 40ºC, podendo chegar a 45º em alguns lugares, com sensação térmica muito maior. Esse calorão pode impactar o organismo de diversas maneiras, desde a desidratação até a perda de apetite.

Para manter a boa saúde e o bem-estar físico é preciso prestar atenção na alimentação e ingestão de líquidos, como destaca a nutricionista Fabiana Freire, supervisora de Operações Educação da Sapore, empresa de soluções integradas de serviços. De acordo com ela, em dias mais quentes precisamos consumir alimentos de fácil digestão, como verduras, frutas, legumes e carnes magras, e aumentar o consumo de água, chás gelados e sucos.

Nutricionista Fabiana Freire
Nutricionista Fabiana Freire, supervisora de Operações Educação da Sapore

“No verão, ao contrário do inverno, sentimos menos vontade de comer e perdemos líquidos e sais minerais, devido ao aumento da temperatura corporal e a transpiração excessiva. Daí a importância de uma alimentação mais leve e da hidratação”, afirma.

Fabiana separou sete dicas bem fáceis para ajudar a manter a saúde durante as ondas de calor. Confira!

7 dicas para de alimentação para o calor intenso

  1. Consuma à vontade folhas verdes e legumes. A preferência é que sejam crus, mas precisam ser bem higienizados. Esses alimentos, geralmente, possuem altos níveis de água e ajudam a hidratar o corpo.


  2. Evite maionese e molhos prontos para temperar saladas. Prefira os naturais como azeite, limão e vinagre, que são ótimos para combater os radicais livres, prevenir os radicais livres e até doenças do coração.


  3. Dê preferência para carnes magras grelhadas, pois são mais facilmente digeridas evitando desconfortos gástricos, além de serem mais saudáveis.


  4. Evite as carnes vermelhas e com gorduras em excesso.


  5. Escolha sobremesas mais refrescantes, como frutas ou doces à base de frutas. Os mais indicados são: sorvete de fruta no palito, saladas de frutas, flans, frozen, smoothies e gelatinas.


  6. Beba água, muita água. Assim como chás gelados, sucos.


  7. Modere o consumo de bebidas alcoólicas, pois além de serem ricas em calorias, possuem efeito diurético, o que compromete a hidratação e são pobres em valor nutritivo.