18 de abril de 2024

Miguel Lombardi aprova projeto para socorrer instituições de idosos

O Projeto de Lei 4340/23 destina às Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) 1% da arrecadação com três sorteios especiais de loterias da Caixa, entre eles a Mega da Virada


Por Redacao 019 Agora Publicado 27/03/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Deputado Federal Miguel Lombardi
O deputado federal Miguel Lombardi (PL-SP) – Foto: Câmara dos Deputados

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 4340/23, que destina às Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) 1% da arrecadação com três sorteios especiais de loterias da Caixa, entre eles a Mega da Virada. O projeto é de autoria do deputado Miguel Lombardi (PL-SP).

Pelo texto, a aplicação dos recursos das loterias deverão ser integralmente em ações de:

  • prevenção e controle de infecções dentro das ILPIs;
  • compra de insumos e de equipamentos básicos para segurança e higiene dos residentes e funcionários;
  • compra de medicamentos; e
  • adequação dos espaços para isolamento dos casos suspeitos e leves de doenças graves.

Projeto socorre instituições de idosos

“O meu objetivo é criar uma fonte alternativa de recursos para as ILPI’s do Brasil. É um percentual muito pequeno que estamos solicitando que irá gerar grandes benefícios para nossas instituições”, comentou o deputado Miguel.

O relator, deputado Geraldo Resende (PSDB-MS), recomendou a aprovação da proposta.

“A criação de uma fonte permanente e confiável de recursos poderá representar uma verdadeira e muito bem-vinda revolução nas ILPIs”, comentou.

Obrigações


As ILPIs são instituições, governamentais ou não, destinadas a oferecer moradia e condições de liberdade, dignidade e cidadania para idosos. A proposta cria o Programa Nacional de Apoio a instituições dessa natureza.

O texto aprovado prevê ainda os recursos das loterias deverão ser repassados mesmo a instituições com dívidas tributárias junto à União e independentemente da Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social (Cebas).

Próximos passos


O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda passará pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.