18 de abril de 2024

Plataforma #CulturaEmCasa apresenta “A Noite dos Palhaços Mudos” com Domingos Montagner

#CulturaemCasa traz também especial sobre cem anos da Semana de Arte Moderna de 1922, filme nacional sobre Beethoven, duas peças "O Príncipe Feliz" e "Bodas de Sangue" e apresentações de escolas de samba


Por Redacao 019 Agora Publicado 24/02/2022
 Tempo de leitura estimado: 00:00
CulturaEmCasa apresenta A Noite dos Palhaços Mudos
#CulturaemCasa traz também especial sobre cem anos da Semana de Arte Moderna de 1922, filme nacional sobre Beethoven, duas peças “O Príncipe Feliz” e “Bodas de Sangue” e apresentações de escolas de samba

Os últimos dias de fevereiro reservam uma programação mais do que especial na plataforma de streaming de arte e vídeo por demanda #CulturaEmCasa,criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerida pela Amigos da Arte, que apresenta entre os 25 e 28/02 uma programação diversificada com destaque para  “A Noite dos Palhaços Mudos”, com Domingos Montagner (1962-2016) e grande elenco.

Em celebração aos cem anos da Semana de Arte Moderna de 1922, a série “Modernismo Hoje: estudos atuais” apresenta o episódio “Era Uma Vez O Moderno [1910-1944], com Luiz Armando Bagolin”. 

Na seção cinema, tem  “Viva Beethoven!”, produção nacional que com pitadas de animação brinca com a temporalidade ao trazer o compositor alemão Ludwig Van Beethoven para o século XXI, e “Encontro Bão” com Seu Renô Martin, mestre de cultura popular de São Luiz do Paraitinga.

Já o teatro segue muito bem representado pela peça “O Príncipe Feliz”, uma adaptação do conto homônimo de Oscar Wilde para o teatro de sombras que conta a história da mágica relação entre uma pequena andorinha e a estátua do Príncipe Feliz, e as últimas apresentações do elogiado “Bodas de Sangue”, do Coletivo Esperanza, baseado livremente na obra do escritor espanhol Federico García Lorca, que lança um olhar feminino sobre o papel social da mulher e a função do matrimônio na sociedade discutindo liberdade, imposições comportamentais e solidão.

Pra fechar com chave de ouro, tem as apresentações das escolas de samba Leões da Mocidade, Unidos de Pinhais, Enamorados do Samba, Imperatriz da Liberdade e Mocidade Azul. 

Criada em abril de 2021, a plataforma #CulturaEmCasa já registrou mais de 7 milhões de visualizações e é reconhecida por público e artistas por transmissões de altíssima qualidade.  

As transmissões são realizadas pela plataforma #CulturaEmCasa e também pelo aplicativo disponível nas lojas Apple Store e Google Play para Iphone e Android. 

Confira!

Cem Anos da Semana de Arte Moderna de 1922

ERA UMA VEZ O MODERNO [1910-1944] com Luiz Armando Bagolin| 24/02, às 20h30

Academia Paulista de Letras. Curadoria: Luiz Armando Bagolin

A Academia Paulista de Letras apresenta a mostra “Era Uma Vez o Moderno [1910–1944]”. Composta de desenhos, pinturas, gravuras, livros, revistas e cartas da coleção do escritor e crítico Mário de Andrade, a exposição alude ao livro de Guilherme de Almeida “Era uma Vez”, de 1922, com capa de John Graz, cujos poemas foram lidos durante a Semana de Arte Moderna.

O curador Luiz Armando Bagolin recompõe a história do modernismo e fala do engendramento de discursos na época. O programa “Modernismo Hoje” reúne uma série de obras audiovisuais, estimulando a reflexão sobre o legado modernista, as mudanças culturais entre as décadas de 1920 e 1940, além das reviravoltas políticas e sociais que culminaram na Semana de Arte Moderna de 1922.

Cinema

A NOITE DOS PALHAÇOS MUDOS | Panorama #CulturaSP | 25/02, 15h30

16min – 2021 – Aventura/Comédia – Produção Independente

Direção: Juliano Luccas História original: Laerte

Elenco: Domingos Montagner (Palhaço Branco), Fernando Sampaio (Palhaço Augusto), William Amaral (Palhaço Aloprado), Fábio Espósito (Chefe), Cesar Póvero (Assistente do Chefe), Christian Schlosser (Homem de Preto 1), Ricardo Porto (Homem de Preto 2), Nando Freitas (Homem de Preto 3), Marcelo Castro (Homem de Ceroula 1), Luiz Terribele (Homem de Ceroula 2), Stone (o pug)

Panorama #CulturaSP apresenta “A Noite dos Palhaços Mudos”. Com a missão de resgatar um companheiro que foi sequestrado por uma organização que quer exterminar a classe, dois palhaços mudos perambulam à noite. O filme, adaptado de uma história de Laerte, uma das maiores quadrinistas do Brasil, é uma fábula contemporânea, recheada de humor, contra a intolerância.

ENCONTRO BÃO | Panorama #CulturaSP | 26/02, 15h30

47min – 2021 – Documentário – Coletivo Di Péis

Pesquisa, entrevista e idealização: Rubia Konstantyni. Entrevistado: Seu Renô Martins. Participação especial: Moreno Overá (violeiro)

Panorama #CulturaSP apresenta o documentário “Encontro Bão”. Seu Renô Martin, mestre de cultura popular de São Luiz do Paraitinga, é entrevistado pela produtora Rubia Konstantyni. A conversa transborda ancestralidade e menciona de tudo um pouco: desde Cavalhada e Folia de Reis até Dança de São Gonçalo e Calango. Neste “Encontro Bão”, a alegria de contar, escutar e reviver essas histórias, na música e na palavra, ensina como a simplicidade e a alegria mudam a vida

VIVA BEETHOVEN! | Carna #CulturaEmCasa | 27/02, 11h

30 min – 14/02/2021 – Fundação Cultural de Curitiba

Direção musical e regência: Amilson Godoy. Direção e edição: Tiago Godoy

Elenco: Carlos Meceni (Beethoven) e Davi Campolongo (Davi)

Carna #CulturaEmCasa apresenta “Viva Beethoven!”. Com pitadas de animação, o filme brinca com a temporalidade ao trazer o compositor alemão Ludwig Van Beethoven para o século XXI. Acompanhado de Davi, um jovem músico, Beethoven é apresentado a um arranjo da “Ode à Alegria”, o primeiro movimento de sua famosa Nona Sinfonia. Numa mescla bastante interessante, a grandiosidade de sua obra ganha o tempero brasileiro e se torna um belo enredo de samba que fala sobre união e amor ao próximo.

Teatro

O PRÍNCIPE FELIZ | Panorama #CulturaSP | 28/02, 15h30

33 min – 2021 – Cia. Libélulas

Panorama #CulturaSP apresenta “O Príncipe Feliz”. A peça, uma adaptação do conto homônimo de Oscar Wilde para o teatro de sombras, conta a história da mágica relação entre uma pequena andorinha e a estátua do Príncipe Feliz. Triste por testemunhar tanta feiúra do alto de seu pedestal, o Príncipe derrama suas lágrimas sobre a andorinha, que, compadecida, sugere voar até a cidade para compartilhar a riqueza do Príncipe com as pessoas pobres. Da Cia. Libélulas, a peça trata de amizade, amor fraterno e, com muita delicadeza, da morte.

BODAS DE SANGUE | Em Cartaz #CulturaEmCasa | 2502, 15h e 20h; 26/02 15h e 20h; 27/02, 15h e 20h

45min – 2021 – Tragédia – Livre – Coletivo Esperanza

Direção: Tiago Venusto. Elenco: Alana Ferrigno, Alzira Bosaipo, Glednna Fernanda e Roberta Rangel

Em cartaz #CulturaEmCasa apresenta “Bodas de Sangue”. Livremente inspirada na obra do poeta e dramaturgo espanhol Federico García Lorca e no universo criado pelos integrantes do movimento surrealista, essa peça do Coletivo Esperanza é resultado de uma pesquisa sobre arquétipos femininos e seus estereótipos.

A figura feminina, como ponto central da narrativa, materializa a crítica ao engessamento dos papéis sociais e papéis de gênero — crítica central ao trabalho do Coletivo. É o olhar feminino que comenta os laços familiares, o papel social da mulher, a função do matrimônio na sociedade.

Cabe à tragédia discutir liberdade, imposições comportamentais e solidão. Esta montagem foi pensada para a linguagem audiovisual e utiliza recursos específicos para contar um clássico a partir de uma nova perspectiva.

Carnaval

LEÕES DA MOCIDADE | Carna #CulturaEmCasa | 24/02, 19h30

2min – 09/02/2021 – Fundação Cultural de Curitiba

Compositores: Wilson Paulino e Flavinho Bento. Intérprete: Amanda Cortes Escola: Leões da Mocidade. Samba-Enredo 2019: “Partituras em Preto e Branco no Prelúdio Popular de Waltel”

Carna #CulturaEmCasa apresenta a escola Leões da Mocidade, com o samba-enredo “Partituras em Preto e Branco no Prelúdio Popular de Waltel”, que homenageia o grande músico, autor e arranjador Walter Branco. A Leões dá um show na Universidade Livre do Meio Ambiente, em Curitiba!

UNIDOS DE PINHAIS | Carna #CulturaEmCasa | 25/02, 16h30

2min – 10/02/2021 – Fundação Cultural de Curitiba

Carna #CulturaEmCasa apresenta a escola Unidos de Pinhais, com o samba-enredo “Carrossel dos Meus Sonhos de Criança”. A Unidos de Pinhais relembra brincadeiras infantis e ilumina a Praça Afonso Botelho, em Curitiba, com muita alegria e samba no pé!

ENAMORADOS DO SAMBA | Carna #CulturaEmCasa | 25/02, 19h30

2min – 15/02/2021 – Fundação Cultural de Curitiba

Carna #CulturaEmCasa apresenta a escola Enamorados do Samba, com o samba-enredo “Enamorados é Pura Energia”. A escola curitibana celebra a ciência e a mitologia com muita alegria e festa, em um belíssimo cenário: o Jardim Botânico de Curitiba.

MOCIDADE AZUL | Carna #CulturaEmCasa | 26/02, 19h30

3min – 14/02/2021 – Fundação Cultural de Curitiba

Composição: Silvio Costa (Turco). Intérprete: Júlio Corrêa. Escola: Mocidade Azul. Samba-Enredo 2021: “Ó, Abre Alas, que a Mocidade Quer Passar, Carnaval é Ubuntu, uma Grande Coisa para Sambar”

Carna #CulturaEmCasa apresenta a escola Mocidade Azul, que canta o samba-enredo “Ó, Abre Alas, que a Mocidade Quer Passar, Carnaval é Ubuntu, uma Grande Coisa para Sambar”.

Composta por Sílvio Costa, o Turco, e interpretada por Júlio Corrêa, a canção é inspirada na filosofia africana Ubuntu. Originada nos idiomas sul-africanos zulu e xhosa, a palavra “Ubuntu” refere-se à humanidade para todos: “eu sou porque nós somos”. Com 49 anos de história, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Azul homenageia a ancestralidade africana, a identidade brasileira e suas intersecções.

IMPERATRIZ DA LIBERDADE | Carna #CulturaEmCasa | 26/02, 16h30

3min – 13/02/2021 – Fundação Cultural de Curitiba

Compositores: Jefferson Pires, Marcus Bientinezi e Marcos Mano. Intérprete: Jefferson Pires Escola: Imperatriz da Liberdade. Samba-Enredo 2021: “Ogum”

Carna #CulturaEmCasa apresenta a escola Imperatriz da Liberdade, que canta o samba-enredo “Ogum”. Composta por Jefferson Pires, Marcus Bientinezi, Marcos Mano e interpretada por Jefferson Pires, a canção honra o orixá Ogum e conta sua história. Fundada em 2013, a escola Imperatriz da Liberdade foca em projetos socioculturais voltados à comunidade periférica de Curitiba, com diversas oficinas gratuitas. No Carnaval de 2014, em seu primeiro desfile, consagrou-se campeã do grupo de acesso do Carnaval de Curitiba.

#CulturaEmCasa

A plataforma tem a missão de ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade, 100% gratuitos e difundir a intensa produção cultural do Estado de São Paulo, seus equipamentos e municípios.

Em 20 meses, a #CulturaEmCasa já atingiu 4 mil cidades do Brasil e 165 países. A plataforma foi responsável pelo emprego direto e indireto de mais de mais de 20 mil profissionais do setor, entre artistas, produtores e técnicos ao longo da pandemia.

A ferramenta reúne também conteúdos dos Teatro Sérgio Cardoso, do Teatro Estadual de Araras, além de diversos programas de difusão cultural como o Festival de Circo Online de São Paulo, o #Circuito SPOnline, a #Virada SPOnline, e o #SP Gastronomia.

Também fazem parte da programação da plataforma, diversas iniciativas das instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, entre as quais a OSESP, a Jazz Sinfônica, a Pinacoteca, a São Paulo Companhia de Dança, o Conservatório de Tatuí, o Projeto Guri, Fábricas de Cultura, TV Cultura, Poiesis, Bibliotecas, e os Museus da Imagem e do Som, do Futebol, Índia Vanuíre, Casa de Portinari Felícia Leirner/ Auditório Claudio Santoro.

Plataforma #CulturaEmCasa

www.culturaemcasa.com.br

Redes Sociais

https://www.facebook.com/culturaemcasasp/

https://www.instragram.com/culturaemcasasp/