13 de junho de 2024

Combate à Dengue: 18º Mutirão visita regiões próximas a Viracopos neste sábado, 1 de Junho

Ação mobiliza agentes de saúde e voluntários para eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti


Por Redacao 019 Agora Publicado 30/05/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
combate-dengue-campinas-mutirão
Ação mobiliza agentes de saúde e voluntários para eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti

A Secretaria de Saúde de Campinas realiza, neste sábado, 1 de junho, o 18º mutirão de 2024 para prevenção e combate à dengue. A ação começa às 8h e contempla 11 bairros próximos ao Aeroporto Internacional de Viracopos, com imóveis sendo visitados por agentes de saúde e voluntários.

Os bairros que receberão a ação são:

  • Parque das Indústrias
  • Jardim Planalto de Viracopos
  • Novo Planalto
  • Jardim Aeronave
  • Jardim São Pedro de Viracopos
  • Jardim Adhemar de Barros
  • Jardim São Cristóvão
  • Vila Princesa
  • Città di Salerno
  • Jardim Esplanada
  • Núcleo 28 de Fevereiro

O ponto de encontro das equipes será o Centro de Educação Infantil (CEI) Corujinha, localizado na Rua Rodney Ricci, s/nº, esquina com a Rua Martinho Lutero, no Jardim Adhemar de Barros.

Detalhes do Mutirão

O mutirão deste sábado contará com a participação de cerca de 200 voluntários e agentes de saúde, incluindo trabalhadores da empresa terceirizada Impacto Controle de Pragas. Estes profissionais estão encarregados de visitar imóveis, orientar moradores e eliminar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue. Os agentes estarão identificados com camisetas laranjas e verdes, além de crachás. Em caso de dúvidas, os moradores podem obter informações pelo telefone 199 da Defesa Civil.

Por causa da proximidade com a área do Aeroporto de Viracopos, não serão utilizados drones nesta ação. O balanço das atividades será divulgado na segunda-feira, 3 de junho.

Prevenção e envolvimento da comunidade

A melhor forma de prevenção contra a dengue é eliminar qualquer acúmulo de água que possa servir de criadouro, como latas, pneus, pratos de plantas, lajes e calhas. Além disso, é essencial vedar caixas d’água e manter vasos sanitários inutilizados fechados.

Estatísticas das secretarias municipal e estadual de Saúde mostram que 80% dos criadouros do mosquito Aedes aegypti estão nas residências. O enfrentamento à epidemia requer um esforço conjunto entre o poder público e a população para eliminar qualquer local que possa acumular água.

Apoio multisetorial

O mutirão é uma ação multisetorial que conta com o apoio de profissionais das secretarias de Serviços Públicos, Habitação, Educação, Assistência Social e Trabalho e Renda, além da Guarda Municipal, Defesa Civil, Sanasa e Emdec.

Situação da dengue em Campinas

Campinas está em situação de epidemia de dengue, declarada em 7 de março. Este ano, dois fatores contribuíram para o aumento dos casos: a circulação simultânea de três sorotipos do vírus pela primeira vez na história e condições climáticas favoráveis, com sucessivas ondas de calor desde outubro.

Orientações para assistência

Pessoas com febre devem procurar um centro de saúde imediatamente para diagnóstico. A Secretaria de Saúde alerta para não banalizar os sintomas e evitar automedicação. Aqueles com suspeita ou confirmação de dengue e sintomas graves, como tontura, dor abdominal intensa, vômitos repetidos, suor frio ou sangramentos, devem buscar auxílio em pronto-socorro ou UPA.

Iniciativas adicionais

Desde dezembro do ano passado, a Secretaria de Saúde reforçou os estoques de insumos para tratamento da dengue. Novas tecnologias, como inteligência artificial, estão sendo usadas para monitorar e assistir pacientes diagnosticados. Até 26 de maio, 35.399 pacientes foram acompanhados via chatbot, com 12.704 reencaminhados para serviços de saúde.

Comitê de prevenção e controle

Desde 2015, Campinas conta com o Comitê de Prevenção e Controle de Arboviroses, que reúne 14 secretarias e outros órgãos municipais. O comitê discute a situação epidemiológica da cidade e apoia as ações da Secretaria de Saúde.

Para mais informações, visite o site: Combate à Dengue – Campinas.