26 de outubro de 2020

5 Tendências no Marketing Digital para 2020

Especialista em marketing digital aponta as principais tendências de 2020 no mercado eletrônico.


Por Redacao 019 Agora Publicado 23/01/2020
5 Tendências no Marketing Digital para 2020

O sucesso de uma estratégia de marketing se dá na capacidade de utilizar a informação disponível e converter em resultados. Para que isto ocorra é necessário ficar antenado nas tendências do consumidor e na evolução das ferramentas de marketing e com isto, utilizar da combinação correta de ferramentas e canais de comunicação que correspondam ao interesse do seu público-alvo.

Alexandre Poseddon

Para o marketing digital, se dúvidas, o ano de 2020 começou cheio de novidade, diversas ferramentas despontando e se tornando protagonistas nas estratégias de marketing, entre elas, o uso de áudio é uma das que mais ganha destaque neste ano, tanto no formato de busca por voz como na produção de conteúdo para Podcast.

Com base nessa experiência elencamos uma lista com as maiores tendências do marketing digital de 2020. Confira!

1.   Podcast – Conteúdos em áudio estão em alta

O Podcast vem se tornando uma ferramenta poderosa como canal de marketing. Com a popularização de aplicações de áudio como o Spotify que permitem compartilhar desde playlist com suas músicas favoritas ou mesmo criar sua própria “estação de rádio online” e da maior disponibilidade de dispositivos que integram estas aplicações como, smartphones ou relógios inteligentes.

A busca por uma experiência acelerada no consumo de informação coloca o Podcast no seu auge em 2020, facilitando a rotina dos usuários que em sua maioria hoje, tem como base um dia a dia multitarefas e entende como valor algo que os permita consumir determinado conteúdo enquanto se dedica a outras atividades simultaneamente. Por exemplo, ouvir o Podcast de finanças enquanto se está na academia.

Esta otimização do tempo do usuário, coloca o Podcast como grande protagonista dentro os canais de mídia em 2020.

2.   Busca por voz

Se o Podcast busca facilitar a vida do usuário, a busca por voz segue ao mesmo rumo.

As pesquisas feitas por comando de voz, não só aumentaram nos últimos anos, como é esperado que ainda em 2020 sejam responsáveis por 50% de todas as buscas na internet, segundo aponta estudo feito pela ComScore.

Empresas como Google, Apple e Microsoft, estão investindo em melhorar a precisão da busca por voz, que atualmente possui uma taxa de compreensão de 81% pelo assistente do Google, considerada a melhor precisão entre os sistemas. A busca por voz tem uma estrutura semântica, dividindo o conteúdo pesquisado com base em termos do tipo “como, onde, porque, o maior, melhor e etc.”

3.   SEO

Hoje, se existe uma ferramenta que faça diferença em qualquer seja a estratégia de marketing, este sem dúvidas é o SEO.

Com o objetivo de trazer principalmente visitas à sua página através de uma busca orgânica o SEO, reúne um conjunto de mais de 100 possíveis ações que se bem feitos podem te colocar entre as primeiras posições de busca no Google para determinada palavra-chave. É importante ressaltar que, segundo estudos, as três primeiras posições na pesquisa equivalem a 87% dos acessos de uma pesquisa.

Mas para chegar ou se manter nestas posições é preciso ter um profissional realmente qualificado que entenda a fundo das melhores práticas e ações para cada etapa do seu funil de marketing e essa é a grande dificuldade, pois se trata de uma estratégia pensada a médio e longo prazo, considerando um investimento médio inicialmente alto que visa um possível retorno futuro mas, pode ser a chave do sucesso de uma empresa se feito de forma adequada.

Por exemplo, imagine uma empresa cuja a palavra-chave usada tenha volume mensal de 500 mil pesquisas e um custo médio desta keyword de R$0,30 por clique. Se a empresa pretende ter cobertura de 100% desta palavra-chave, ou seja, se manter na primeira posição pelo período de um mês atingindo o volume total de 500 mil pesquisas, ela teria de gastar em anúncio o equivalente a R$150 por mês, enquanto que atingindo a primeira colocação de forma orgânica, o custo direto seria zero, tendo como gasto real, o valor investido em SEO no passado e o retorno tende a te manter nas melhores colocações se é feito um trabalho contínuo de manutenção da posição orgânica pelo seu profissional de SEO escolhido.

Esta percepção de valor vem crescendo cada vez mais entre as empresas, que tem enxergado a estratégia de busca orgânica com bons olhos e portanto, eleva o SEO como grande tendência para o marketing digital em 2020.

4.   Marketing Humanizado

Seja na história contada em e-mail marketing ou no atendimento através de chatbots, um formato que é aposta unanime entre todos os profissionais de marketing do mundo para se destacar em 2020 é a humanização.

O marketing humanizado tende a dar uma cara para quem está por trás da empresa e permite que o cliente seja parte fundamental do processo decisório de compra. No marketing tradicional tendemos a imputar ideias de desejo no consumidor para que este se interesse nos nossos produtos e serviços, enquanto que, a forma humanizada visa atuar mais com a experiência de prazer e interesse do usuário.

Um bom exemplo, é o uso de influenciadores digitais nas estratégias de marketing, utilizando-os como forma de demonstrar a utilização do seu produto, sem necessariamente relacionar ele à uma venda. O interesse é despertado no  consumidor que busca informações sobre o produto e tende a ser capturado pela sua empresa que de forma transparente não força o cliente com ações agressivas de vendas imediatistas e sim, deixa-os no seu tempo refletir e oferecem todo um suporte humano através de chats, sempre de forma a deixar claro que sua marca está realmente querendo ajudar o cliente nas suas dúvidas e não força-lo a efetuar a compra.

5.   Inteligência artificial e Machine Learning

Como dito anteriormente, o marketing humanizado usa das emoções do consumidor e o mesmo tende a ocorrer nos sistemas de inteligência artificial.

Os sistemas de marketing como o Google Ads ou Facebook possuem maquinas que aprendem sozinhas através do comportamento do seu usuário na plataforma. Você pode não ter se atentado a isso ainda, mas essas grandes empresas colhem, com sua autorização, vale dizer, informações sobre o que você faz na internet e usa esses dados para traçar um perfil de interesse com base em PNL (Processamento de Linguagem Natural).

A evolução desse sistema se dá na capacidade de interpretar emoções através do conteúdo que você produz ou compartilha, ligados diretamente às palavras-chave contidas nesse conteúdo.

Em 2020 é esperado que novas startups fundamentadas em inteligência artificial venham ao mercado brasileiro e outras já em andamento passem a ganhar destaque no segmento.

Alexandre Poseddon é especialista em estratégias de marketing digital e e-commerce com 8 premiações profissionais e acadêmicas. Considerado como um dos melhores profissionais de SEO e marketing para comércio eletrônico do Brasil. Formado em Marketing pela IBMEC, possui duas especializações (MBA) na área. Atualmente é Head de estratégia da Agência Vixus e oferece mentoria e treinamento para profissionais e agências de marketing.